E dá-lhe obra!

Eu não aguento mais duas coisas:

1) As frases de auto-ajuda corporativa transbordando no meu MSN. As corporações fazem lavagem cerebral disfarçada de conscientização nos funcionários. E eles acabam se tornando todos iguais, todos robôs que no fim das contas em nome da proatividade tão cobrada pelas empresas, acabam passando o dia inteiro pensando no trabalho.

2) A obra de reforma da minha casa nova. Já gastei mais de 25% do valor do imóvel arrumando ela. Todo dia tem gasto, débito, cheque, crédito, tudo bem que eu peguei uma fortuna emprestada do banco planejei o gasto, mas nunca me senti tão desconfortável por ser responsável por dar um lugar confortável para outras pessoas (família) morarem, e por dispender tanto dinheiro, é muita responsabilidade. E tem o stress de saber que por pelo menos um ano nem posso sonhar em perder o emprego.

Anúncios