#tuiteiumfilme

#tuiteiumfilme

Ontem dia 25 de setembro rolou um trending topic no Twitter muito legal. Era meio que para resumir de maneira mais tôsca possível e nos já famigerados 140 caracteres filmes, sem citar os nomes. Meio ruim de explicar, mas muito fácil de entender e de entrar na brincadeira. Eu escrevi um monte de bosta no meu twitter e para fazer um apanhado geral e olhar depois resolvi colocar aqui. Ou seja escrevi um monte de bosta em dois lugares distintos.

Segue:

1 – Lutador de box rompe um acerto,detona o adversário e foge do chefão.No fim salva ele de uma curra. #tuiteiumfilme

2 – Sobrinha de ex-dançarina queima a rôsca e alega que ainda não rompeu o himen #tuiteiumfilme

3 – Defunto ajuda garoto nóia a parar de ver defuntos #tuiteiumfilme

4 – Bando de pessoas comuns vestidas de super-heróis combate o crime com muita violência e tenta descobrir quem matou seu amigo #tuiteiumfilme

5 – Tenente velhão de policia totalmente nutz arruma 456342,9 confusões para desvendar um crime #tuiteiumfilme

6 – Soldados americanos na 2ª guerra vão acabar com uns nóias amigos do Hitler e encontram o filho-do-capeta #tuiteiumfilme

7 – Agente mata sem querer filho de vendedor de pó.O pai manda detonar a família do agente e o agente mata mais que a AIDS. #tuiteiumfilme

8 – Repórter e seu advogado enchem o porta-malas de 1 carro alugado com drogas e atravessam os EUA curtindo uma vibe muito louca #tuiteiumfilme

9 – Policial em San Francisco combate,mata e espanca o crime comendo cachorro quente e xingando o prefeito banana #tuiteiumfilme

10 – Menininho bonzinho do espaço cresce,fica mauzão,tem um filho e esse cresce e dá um cacete nele com uma espada mto louca #tuiteiumfilme

11 – Ferreiro nóia perde a esposa,o pai aparece do nada e chama pra achar deus lá na casa do caráleo,mas morre no caminho #tuiteiumfilme

12 – Mafioso gente boa(?) passa a vida pregando moral e morre com uma laranja na boca dentro de uma plantação de azeitonas #tuiteiumfilme

13 – Garoto muito louco cresce mudando a história da própria vida.Mas toda vez que muda algum amigo/parente se fode #tuiteiumfilme

14 – Dois porra-loucas retardados viajam pra caráleo pra devolver uma mala cheia de dinheiro pra uma mulher rica. #tuiteiumfilme

15 – Só um pinta muito burro não sabe que vive toda vida dentro de um programa de televisão.qdo descobre fica puto #tuiteiumfilme

16 – 3 cowboys q nunca tomaram banho vão esperar um otário com uma gaita.Depois de trocar 1 idéia sobram 2 cavalos #tuiteiumfilme

17 – Bando de paranóicos fazem de conta que andam em cavalos,batem côcos e ficam procurando um copo idiota. #tuiteiumfilme

18 – Vagabundo junta mais 10 vagabundos e todos vão roubar um cassino pq o dono tá comendo a mulher do vagabundo #tuiteiumfilme

19 – Uma turminha da pesada sequestra a filha d 1 brutamontes pra obrigar ele a fazer coisas ruins.Ele mata todos(menos a filha) #tuiteiumfilme

20 – 4 super-heróis que vivem tipo familia doriana se deparam com um maluco cromado em cima de uma prancha #tuiteiumfilme

21 – Um velho gay que pode manipular metal com a mente quer fuder a humanidade mas o chico xavier careca e seus asseclas impedem #tuiteiumfilme

22 – Filho de gângster vê o pai e comparsa passarem a bala em uns incautos.O comparsa mata a mãe e irmão mas o pai vinga e se fode #tuiteiumfilme

23 – Policial MUITO brucutu precisa de ajuda de negão q tá preso pra pegar uns bandidos.Quebra todas as regras e não se fode #tuiteiumfilme

24 – Policial do futuro não tem o que fazer e fica caçando robôs disfarçados de gente,no fim nem ele sabe o q faz #tuiteiumfilme

25 – Professor mala de escola inventa uma fórmula q transforma ele num galâ convencido e mala #tuiteiumfilme

26 – Bandidagem estupra a filha e mulher de um arquiteto q fica viúvo.Ele arruma um trêsoitão e toca o horror na vagabundagem #tuiteiumfilme

27 – Bando de adolescentes sem nenhuma moral e higiene servem comida ruim numa lanchonete de 5ª categoria #tuiteiumfilme

28 – Bando de velhos fedorentos toma banho numa piscina cheia de pedras alien e vai jogar um basquete #tuiteiumfilme

29 – Vagabundo pega carona num mega barco,come uma gostosa rica, acha que é o rei do mundo e vira comida de tubarão #tuiteiumfilme

30 – Exército de bizarrices vão tocar o horror num rei e ele caga a pau todo mundo com 300 capangas,depois se fode à flechadas #tuiteiumfilme

31 – Bruxa gostosa convence defunto sem cabeça a foder todo mundo que sabe que o marido tem outro herdeiro #tuiteiumfilme

32 – Psicopata sem senso de humor caça maluco que achou U$ 2 milhões.Nesse ínterim,mata todos no caminho,até com ar comprimido #tuiteiumfilme

33 – Escritor bem meia-boca vira zelador de hotel.Depois pira,vê assombração, tenta matar a familia e se fode congelado #tuiteiumfilme

34 – Otário da idade média toma uma ruim e descobre que não morre mais!Passam trocentos anos e ele cortando cabeças por aí #tuiteiumfilme

35 – Policial rodoviário do futuro tem a família trucidada por motoqueiros bizarros e ridículos.Ele fica mto louco e mata à rodo #tuiteiumfilme

36 – Vampiro paranóico metido à galâ acha q a amada q se fudeu está reencarnada na Winona Ryder e fica enchendo o saco dos outros #tuiteiumfilme

37 – Americanos otários sobem num foguete e vão dinamitar um asteróide e o chefe deles se fode no fim. #tuiteiumfilme

38 – Ex-violeiro imbecil que levou um tiro na mão resolve tentar uma profissão alternativa como pistoleiro e leva jeito pro lance #tuiteiumfilme

39 – Inglesa vagabunda e gorda se envolve com jornalista canastrão e vive em eterna dúvida sobre q porra faz no mundo #tuiteiumfilme

40 – Velho mentiroso pra caráleo passa vida falando merda e no fim morre e poeticamente vira um peixe #tuiteiumfilme

41 – Industrial q devia viver chapado chama 5 crianças pra passear na fábrica de doces.Ferra todos menos 1 e dá a fábrica pra ele #tuiteiumfilme

42 – Retardado que não consegue casar faz juras de amor numa floresta negra e do nada aparece uma defunta q casa com ele #tuiteiumfilme

Receita pós Sexta-Feira Santa – Re-post

frango-com-molho-de-laranja2

Felizmente acabou o martírio de esperar a sexta feira Santa e comer peixe! Para mim, o ano se divide em duas partes: esperar a sexta feira santa chegar e depois rezar para ela passar rapidamente, de preferência em vinte e quatro horas, nenhum minuto sequer a mais. Resolvi curtir o sábado comendo alguma coisa decente, afinal de contas, também tenho meus direitos gastronômicos. Depois de pensar calmamente em que cozinhar ao mesmo tempo que eu caminhava pelo teto de casa em círculos batendo um sundae na testa, resolvi fazer algo simples e suculento: Farofa de jerimum. Opa! Não estamos na época de jerimum. Como não curto cozinhar mesmo é melhor fazer outra coisa, quem sabe um frango assado com creme de cebola e suco de laranja, coisa simples, três ingredientes e nenhum trabalho. Ummm, não tenho laranjas em casa e nem muito menos creme de cebola então vamos ao supermercado em busca desses ítens cruciais para a minha felicidade estomacal pós-peixe podrão. Pois é, sábado de feriadão, o super deve ter menos gente que em marte, em dois minutos chego, vou às prateleiras certas, pego o que preciso, pago e dou o pira pra casa. Chego na esquina e vejo um amontoado de gente doida: ”deve ter acontecido um acidente, que azar desse pessoal, bem no feriadão, bom paciência, cada um com seus problemas”, penso com meus botões. Meu Deus do céu, acidente nada, tem gente se tapeando pra entrar na merda do supermercado, que situação, ele está infestado de gente. Uma vez de posse da senha 345 esperei minha vez de entrar, afinal o que é uma filazinha de nada perto de um legítimo sábado de gourmand, me deliciando, enchendo a moringa?

fila-supermercado2

Três horas depois eu entrei na porra do super, um pouco impaciente, talvez tenha exagerado ao mastigar o cartão com a senha. Vou direto na parte das frutas e vejo duas velhas e um anão brigando pelas últimas duas laranjas e o anão está levando alguma vantagem no confronto. Não fiquei na fila por nada e apesar de ser uma pessoa tolerante e extremamente equilibrada acabei mordendo o braço do anão pra ele soltar daquelas frutas. Elas não estavam exatamente cheirosas e após uma avaliação um pouco mais cuidadosa, decidi que as levaria somente para atirar na primeira carreata do PSDB que passar debaixo da minha janela. Bom, a solução é levar suco em caixa mesmo, foda-se, não vai ser isso a estragar a minha receita. Peguei rapidamente o creme de cebola e o suco encaixotado e fui ao caixa, que deveria ter mais ou menos 50 pessoas na minha frente. Após mais ou menos umas 4 horas tem somente uma das velhas que apanhou do anão na minha frente. A caixa informa o valor 14 vezes, sempre aumentando o tom da voz para a criatura. Ela retruca o valor dos guardanapos, dizendo que na prateleira está um centavo mais barato e manda chamar o gerente do estabelecimento, que manca fortemente de uma perna e é gago. Eles se entendem após mais ou menos 50 minutos, no que diz respeito ao nome de cada um. Já fazia umas nove horas que eu estava ali, então me descontrolei um pouco emparelhei o pessoal com adjetivos pouco atraentes. Fui escorraçado por todos, que me chamaram de não civilizado e sóciopata, até parece que eles podem ter razão, esse amontoado de gente feia, inútil e que me dá nojo. Com as compras feitas fui para a minha casa, estou com muita fome então é melhor eu não me enrolar na cozinha. Peguei os pedaços de frango, um refratário, abri a caixa de suco de laranja e peguei o envelope de creme de cebola, para empanar a carne. O envelope resistiu um bocado apesar de ter aquela marquinha para abrir sem tesoura, inclusive quebrando um dos meus dentes. Emprestei a minha coleção de 23 tesouras para o vizinho e ele foi passar o feriadão na Tasmânia, dificultando um pouco a devolução delas antes de segunda feira. Peguei o alicate universal e fui a luta, mas lá pela quinta tentativa cortei todos os dedos da mão direita.

mao-machucada1

Menos mal que abri essa merda de envelope. Não vou dar muita bola para esse ingrediente de última hora na minha receita – meio litro de sangue -. Montado o prato, vamos colocá-lo no forno e começar a brincadeira. Quer dizer, tentar começar, pois o gás acabou, acho eu. E bem na hora que queimou a luz da cozinha. Fui procurar mais fósforos para tentar acender uma vela e procurar lâmpadas. Ummm risquei um fósforo bem na hora que sinto um forte cheiro de gás… ele não acabou… Beleza era só um problema com o botão do fogão, levei o fósforo em direção ao forno e quando abri a porta vi um clarão seguido de um forte estrondo.

explosao-4

Quando acordo estou todo enfaixado no pronto socorro e vejo ao longe um médico dizendo alguma coisa e a minha mãe se virando aos prantos e abraçando meu pai. Será que eles também não gostam de peixe na sexta-feira santa?

Uma fábula moderna III

fim-do-mundo1

Era uma vez, um homem comum. Ele não possuía o menor diferencial em relação às outras pessoas. Conhecia, quando muito, a diferença entre feijões pretos e marrons (a cor).

Ele leu alguns livros do Patrick Geryl e concluiu que o mundo iria acabar mesmo em 2012, tal e qual o autor do livro alegava, quando a Terra passaria a girar ao contrário e os pólos magnéticos do planeta se inverteriam. Pensou consigo mesmo: ”Se o mundo vai acabar, o melhor é aproveitar ao máximo tudo que resta de minha vida e da humanidade”. Então ele fez empréstimos milionários, comprou carrões, destruiu o organismo com orgias, bebidas, drogas, zombou da polícia e ficou devendo para um  monte de traficantes.

Chegou então o dia do fim do mundo e Patrick Geryl descobre que um erro de cálculo, uma vírgula que ele colocou umas casas à esquerda a mais, deturpou o resultado de sua complexa equação, e na realidade o mundo vai acabar  mesmo é no ano de 201200, isto é, se os Norte-Americanos não adiantarem a sua agenda.

Hoje temos a notícia de que os traficantes praticaram sexo anal com esse homem até ele mudar de sexo.

Ferrari Spider 16M – Tour Virtual

ferrari-spider-16m1Nunca entrou em uma Ferrari na sua vida? Com medo de atravessar a sua existência sem essa indispensável experiência? Até o Rubinho e o Massa já entraram e você não? Então seus problemas acabaram!!!

Clique aqui e resolva esse importante problema que aflige a sua caminhada no mundo dos vivos.

Detalhes, precisa ter Adobe Flash Player instalado e demora um pouco a carregar.

Vi ali no “naweb.wordpress.com”, mas também tinha visto no próprio site da Ferrari

Aconteceu em uma grande empresa de Internet no Brasil – Parte 2

gestapo1

Aquela situação imaginária ainda não saiu da cabeça criativa do autor. A conversa imaginária com a pessoa mais imaginária ainda no RH também não sai da cabeça dele. Veja leitor, que muitas das pessoas imaginárias que souberam do assunto comentaram que o evento sequer devia chegar aos ouvidos do autor. Perceba o que qualquer pessoa com bom senso e um mínimo de juízo não faria tamanho barulho por duas garrafas de uísque. Simplesmente porque primeiro não guardou em lugar devidamente seguro, segundo pelo valor aparentemente insignificante dos artefatos que sumiram.

Não dá para esquecer que os suspeitos do sumiço foram tratados como eram tratados prisioneiros da Gestapo do Departamento A2. A funcionária imaginária do RH tem garras poderosas escondidas sob unhas bem cuidadas, e estão prontas a dilacerar a alma de quem não confessar crimes que não cometeu.

As curiosidades do caso: Um funcionário da empresa de vigilância logo após o evento, pediu para trocar de posto e ir fazer vigilância em outra empresa. Segundo consta no imaginário do pessoal (imaginário) que convivia com ele, em seu turno algumas outras coisas desapareceram, e viram ele vendendo uma garrafa de uísque na rua ao lado. Nem assim ele pode ser acusado de nada. E o autor que nunca fez nada de errado e nem foi visto fazendo, deveria ser acusado? Outra coisa engraçada, fruto da imaginação fértil do autor: A mesma pessoa no RH que insinuou ao autor que ele era sem-vergonha por usar táxi fora de hora às custas da empresa, é vista mais de uma vez em seu turno de trabalho, tomando banho de sol em um famoso clube da cidade cercada de todos os brindes que a empresa distribui para assinantes. Vamos adaptar o ditado popular: “Pregou moral de calcinha, e para a pessoa errada”.

Não se trata mais de reclamar que estamos em um mundo (imaginário) perdido. Não se trata mais de revisar valores e sim de encontrá-los em meio a uma parcela da sociedade que perdeu o rumo de maneira aparentemente definitiva. Uma parcela que dá valor à aparência, à politicagem barata, ao culto à falta de personalidade.