Evolução da espécie

internacional.gif

 

Pois é, agora o principal adversário do Grêmio no estado, o Sport Club Internacional, também é Campeão do Mundo, com justiça, diga-se de passagem. Por anos a fio o Inter, como é chamado no Rio Grande do Sul, perseguiu o reconhecimento extremo, o feito mais fantástico, a glória máxima do futebol profissional, que é ser o melhor time do mundo. Não, não é simples, fácil, curto ou tranqüilo o caminho que leva a esse feito. É necessário um longo, um extenso planejamento, exaustiva perseguição a esse objetivo sublime. E é aí que está o problema. O presidente do Colorado, VP, em uma jogada que vem sendo pensada faz tempo, quer aproveitar a atual façanha de seu time para acabar com o estereótipo de time do povão, “macacada” como é carinhosamente apelidada sua fiel e atuante torcida. Ele pretende selecionar um pouco melhor o tipo de torcedor que se associa ao clube, numa espécie de filtro intelectual, de modo a gradualmente transformar seu quadro social no mais intelectualmente avançado de todos os times do mundo, fazendo jus ao que o time produziu em campo recentemente. Encomendou então um questionário que o pretendente a sócio deve preencher, e no caso de um índice de acerto superior a 60%, então é aceito no quadro de sócios. Tivemos acesso a esse questionário que pretende revolucionar a relação clube/torcedor. Eis:

Questão 01:

O que você entende pelo termo “Bola”?

( ) Algo que colamos entre si com cimento e construímos paredes.

( ) Artefato que se insere no caixa eletrônico, digitamos depois uma senha e sai dinheiro

( ) Construíram umas no egito para enterrar Faraós.

( ) Sinceramente, não sei.

Questão 02:

Atualmente o capitão da equipe é:

( ) Jack Sparrow

( ) Gancho

( ) Kirk

( ) Seu Madruga.

Questão 03:

Alex não sincroniza bem um lançamento e Christian corre demais, então é pego sozinho atrás da linha da zaga adversária. Qual o nome dessa situação?

( ) Milagre

( ) Fenômeno paranormal

( ) Pegadinha do Faustão

( ) Um devaneio.

Questão 04:

Quem foram os três principais personagens da conquista do mundial interclubes?

( ) Huguinho, Zezinho e Luisinho

( ) Antenor Cavalcante, Dinorah e Thais Grimaldi

( ) Turkish, Bullet Tooth Tony e Boris ‘The Blade’ Yurinov

( ) Uma âncora, um melão e uma ostra saudável.

Questão 05 (História):

Henry Ford inventou o quê?

( ) Raspadinha interclubes

( ) MP3 player de 1Gb

( ) Cenouras baby

( ) Desbloqueio da Net digital.

Questão 06 (Física)

Dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar ao mesmo tempo?

( ) Não, porque eles podem estar brigados

( ) Pode até mais, o nome disso é “suruba”

( ) Não, só se molhar a mão do fiscal do governo

( ) Sinceramente, não sei.

Questão 07 (Matemática)

O pai do Marquinhos deu a ele 5 reais pra comprar melancia. Ele não achou e voltou com 1 quilo de bananas. O que sobrou?

( ) A maior pancadaria, Marquinhos nunca apanhou tanto

( ) Sobrou duas bananas, o resto o pai dele socou no rabo do vizinho

( ) Quatorze guaxinins

( ) Sete entradas para o circo das aberrações, em Júpiter.


Ir pra casa também causa mal-entendidos!

Estava eu sexta feira em um ônibus, indo em direção à minha casa. Ônibus novo, bancos com estofamento azul, e detalhes amarelos naquelas barras onde o pessoal que viaja em pé se segura.

Em função do horário não ser mais de pico, havia muitos assentos livres. A minha parada se aproximou, era a próxima e eu então levantei-me, acionei a campainha e dirigi-me à porta de saída.

Levanta-se então uma mulher, ares de um pouco apressada, sapatos combinavam com a bolsa, penteado bonito, perfume agradável. Dirigiu-se também à porta de saída e me perguntou, com uma certa autoridade de patrulha das boas maneiras:

“Se o senhor não vai descer aqui, pode me dar licença?”

Ornitorrinco

Não sei se a minha sexta feira tinha sido boa ou ruim, se tinha sido cansativa ou se simplesmente veio à minha cabeça o que eu deveria responder, mas de qualquer maneira disse o seguinte:

“Minha senhora. Na última noite, em meio aos meus sonhos, eis que surge um ornitorrinco. Isso mesmo, um ornitorrinco, e não era um qualquer, era um da espécie da Nova Caledônia do Norte. Ele além de raro, possuía o dom da fala, a senhora sabe como é, não temos controle de nossos sonhos, ele simplesmente falava. Em um tom de arauto do futuro o animalzinho me contou: “Trabalharás amanhã, sexta feira. Mais ou menos às 19 horas, tome seu ônibus de costume e vá para casa, afinal você merece. Porém preste muita atenção, após você acionar a campainha e ir para a porta desembarcar, uma senhora muito especial também tentará descer na mesma parada. Ela decerto é amiga da Glória Kalil(é assim que se escreve?) e ela deve estar passando por um momento difícil, ela talvez tenha ficado pobre. Não atormente ainda mais essa situação para a coitada, ela vai perguntar se você descerá realmente, ela pensa que as pessoas tocam a merda da campainha e ficam na porra da porta só pra incomodar os outros. Dê passagem imediatamente e peça desculpas por você existir”.

Saí da frente da mulher, que começou a me xingar e me chamar de drogado, eu disse a ela que o ornitorrinco da Nova Caledônia do Norte também me alertou sobre sua irritação, mas que eu compreendesse essa infeliz situação.

A porta abriu e a mulher desceu bufando. Como tem gente ingrata no mundo.