Vacations – The Road Warrior

19:45 – Green Day – Scattered – Church On Sunday (tudo no repeat, que modo escroto)
Depois de cinco anos, enfim as férias. Nada muito longo, do Natal ao Ano novo, mas já é alguma coisa. Prometi a mim mesmo que simplesmente iria fazer uns poucos planos e no geral, curtir o período. Estreitar a relação com o Janjão, enlouquecer com os agora vários passos que ele já dá e as coisas desconexas que ele tenta fazer do alto de seus treze meses e tentar repetir pra ver ele sorrir e mostrar aqueles dentões. Pegar a Mariazinha pela mão e sair por aí, easy rider mesmo, quando nós estivermos na calçada, apontamos os narizes bem parecidos para algum lugar e nos mandamos. Vou trocar as cordas da minha JS100 “hand made”, organizar minhas coleções de dvds e cds, terminar meu Mirage 2000D da L’Armée de L’Air enquanto ouço meus cds do Psychedelic Furs, Def Leppard, talvez de para algum do Outfield ou Hoodoo Gurus… e o melhor, sem um celular no vibracall dentro do bolso da bermuda, alias, vou ficar é de cuecão.Irei visitar o velho Luthier que fez minha guitarra e que esteve doente, vou passar a tarde de alguma feira conversando com ele, tomando coca-cola e duvidando que o Americano subiu na lua, babando em algum catálgo de Ibanez ou Jackson rara e que ele já fez e alguma loja aqui no Brasil já vendeu pelo preço de um carro usado e ninguém desconfiou.Quando eu estiver indo embora depois de filar um café do velho ele vai ter me convencido a fazer a Jackson igual a do Jason Becker, que eu estou namorando a um ano e não tenho coragem de pagar ou então terei mudado pela enésima vez de idéia e fazemos a Mosrite do Johnny Ramone, sei lá. Essa semaninha veio bem a calhar, já que estou saindo do sexto início de depressão do ano. Vou poder dar um tempo no monte de gente inútil que tenho por perto e que tem uma parcela de culpa por isso, ultimamente tem sido difícil saudar a todas no raiar do dia, mas faço para não ser taxado de alíenado ou mal-educado, e mesmo para honrar o que os velhos tentaram me ensinar. Poderei dar um tempo em quatro obras enormes e delegar o pouco que se faz na última semana do ano para meus capangas aqui, que vão tocar o barco até melhor do que eu. Vou ligar para todas as pessoas que fazem a diferença e dizer a uma por uma o quanto faz essa diferença, mesmo que a maioria me mande longe, afirmando que sou mais um otário inundado pelo espírito imbecilizante do fim do ano e que a mídia potencializa ao máximo. Mas vou dizer assim mesmo, elas que se danem. Bem, vou indo nessa, sábado depois de uma cerveja elucidante dou uma passada por aqui.Até mais.

Anúncios

Um comentário sobre “Vacations – The Road Warrior

  1. Esse parece ser meu fim de ano mais tedioso da História sem nenhuma mudança em vista para o ano que vem. Nunca tive dois anos iguais na minha vida, espero não ter dessa vez…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s