Meu nome é Oberdã Camargo!

Meu nome é Oberdã Camargo. Sou oficial do departamento de polícia da minha cidade, um lugar traiçoeiro, perigoso, imundo e cheio de marginais dispostos a tudo para elevar a onda de criminalidade, inclusive trabalharem. Sou um policial experiente, moderno, ágil, com um faro aguçado para encrencas, extremamente conclusivo e um pouco impaciente. Algumas pessoas se queixam do meu estilo de manter a lei, eles me chamam de violento. Essas bichinhas dos direitos humanos acham que vou tratar com o bandido oferecendo morangos e um beijo paternal, chongas para elas. Eu cheguei cedo em casa hoje, dia tranqüilo não fossem as explicações no departamento de como consegui separar a cabeça daquele marginal fdp de seu corpo com um garfo. A necessidade é a mãe da invenção e foi o que consegui para evitar o assalto na hora do meu almoço, pqp não se pode mais almoçar em paz. Meu chefe foi comigo, e apesar de ele tentar me defender dizendo que seria muito pior se eu tivesse evidências de que o suspeito cometeria o crime, mesmo assim percebi que ele estava puto comigo. Não entendo meu chefe, e sinceramente, acho que entendê-lo é tarefa para um psicólogo homossexual fdp. Bom, hora de relaxar, cheguei com apetite redobrado em casa, mas na geladeira só tinha água mineral e um pote com pasta de amendoim, que além de estar vencida a fábrica dela faliu a cinco anos. Pedi comida por telefone. Estou remoendo as reclamações sem sentido do meu chefe enquanto olho de novo as contas que tenho que pagar esse mês. Telefone, água, gás (?), luz, TV a cabo… Preciso baixar essas contas fdps, quase não uso nada, água e luz só para tomar banho, banho vou tomar gelado daqui em diante, pois água quente é coisa para bichinhas sensíveis. A TV não me dá a facilidade de assinar somente o canal pornô, pqp, merda de empresa vou cancelar essa assinatura fdp. Continuo ruminando mais uma meia hora as palavras exageradas do meu chefe, o Tenente Taborda, francamente ele exagerou hoje, me chamar de débil mental…Ouço uma batida sorrateira em minha porta, saquei minha Magnum 44, espreitei o olho mágico e vi aquele bandido sem vergonha com um volume embaixo do braço, hoje em dia a marginália está petulante demais. Meu instinto de acabar com o crime despertou com força máxima e esse desgraçado não vai mais viver aterrorizando a população, custe o que custar. De arma em punho destravei a porta e esperei a sede pelo crime fazê-lo entrar em meu apartamento. Cinco minutos se passaram, cinco longos minutos em que à medida que moviam os ponteiros do meu relógio, eles só alimentavam meu ódio por esse tipo de animais escrotos. Mas a ânsia pelo incorreto era forte no desgraçado e ele pôs a cabeça para dentro da porta. Meu treinamento intensivo de defesa pessoal e intimidação de javalis estava em ponto de bala e dei um golpe puxando ele inteiro para dentro segurando uma de suas narinas. Não tive misericórdia e pratiquei tudo que aprendi no livro “A arte da coronhada por Dirty Harry”, ele logo desabou, gritando coisas sem sentido como “a pizza não chegou friaaaaaa…”. Pqp, enquanto chutava a boca do cretino desacordado vi que ele estava disfarçado de entregador da Helmut’s, devia haver uma arma naquela caixa circular. Uma vez ele desmaiado e os vizinhos se agrupando curiosos na porta da minha casa em função do sangue que escorria porta afora, abri a caixa para apanhar a escopeta que estava com certeza escondida ali. Achei algo errado quando abri a caixa, ali tinham alguns sabores familiares em cima de um disco de massa, e não eram chumbo grosso. Que merda, é o terceiro entregador esse mês que deixo com seqüelas. Mas querem saber? É isso aí mesmo, não dou mole para ninguém. Essa cidade está cheia de gente que vive de más intenções, está repleta de sentimentos ruins e violência. Ela precisa de pessoas como eu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s